sábado, 31 de janeiro de 2009

Parque das Ruínas - Santa Teresa / Rio de Janeiro



"Você lembra, lembra... Naquele tempo eu tinha: estrela nos olhos e um jeito de herói. Era mais forte e veloz que qualquer mocinho de cowboy."

Nada se perde, tudo se renova. Tudo pode se transformar numa linda obra de arte!

Beijos!!! Dannyzinha




ASSISTA O VÍDEO! Desligue a música do blog no final da pág.

10 comentários:

Codinome Beija-Flor disse...

Linda a escolha da canção.
Essas Ruínas sçao parte do que é nosso, nossa história.
Abraços

mundo azul disse...

_______________________________

...sim! Tudo se transforma...

Gostei do seu poema!


Beijos de luz e o meu agradecimento pela gentil visita...

__________________________________

bat_trash disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
bat_trash disse...

Santa Teresa é tudibom. Eu adoro o clima de lá, tanto no que se refere à temperatura quanto às pessoas.Um bairro que faz parte de nossa história, mas que está sendo dilapidado.

Reinaldo Sousa disse...

Minha cara,
Engraçado que "Naquele tempo eu tinha", todos nós tinhamos alma de herois, e quando crescidos tornamos o vilão. (risos) A vida é assim, nada realmente se perde, mas as trasformações, podem ou não, torna-se obra de arte, depende do heroi e do vilão.

Grande abraço e adorei o seu blog!

Se puder visite-me!
http://reinaldosousa.blogspot.com

Reinaldo Sousa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Desnuda disse...

Nossa..Show este post: vídeo e o trechinho da música Sapato Velho de Paulinho Tapajós...A propósito sobre patimônio histórico, eu estou dando uma meia-sola, viu? hahahahahaha

O parque é parte da história do Rio de Janeiro. E já nasceu " cult" porque já fervilhava a vida cultural carioca no palacete de Laurinda Santos Lobo.

Beijos, Danny!

poetaeusou . . . disse...

*
omitiste a juventude,
mocidade, mocidade,
porque fugiste de mim . . .
,
conchinhas de luz, amiga,
,
*

O Profeta disse...

A terra dorme em sobressalto
Um grito brota da alma
Danço com esta bruma de Inverno
Rodopia em meu peito uma estranha calma

Águas despertas, Mar bravio
Cai sobre mim um nevoeiro perverso
Uma onda estende seu manto de espuma
Açoita as pedras adiando o regresso


Boa semana


Mágico beijo

Tatiana disse...

A música é maravilhosa... e o video uma viagem no tempo!
Desejo um belo final de semana para você!
Um beijo carinhoso