domingo, 15 de novembro de 2009

Amor improvável... (rsss)


Vou te dizer como quero te amar
Para te mostrar a minha intenção
De te atender se fores me chamar
E jamais te abandonar na solidão.

O teu silêncio vou saber respeitar,
Não vou sequer perguntar a razão,
E caso a tristeza venha te dominar,
Dar-te-ei o meu carinho e afeição.

Compreensão nunca vou te negar,
Nem vais te faltar o meu perdão,
Esta é a minha forma de te amar,
Sempre tão pura e sem condição.

Dennys Távora

4 comentários:

Bilhete Suicida disse...

Obrigada pela visita e desculpe a demora. Estarei acompanhando os seus blogs sempre que possível.

O teu silêncio vou saber respeitar,
Não vou sequer perguntar a razão,

Massa!

Paulo Tamburro disse...

OI DANNY, que foto espetacular deste cara você conseguiu.

Um discreta gravata e deve ser um destes caras muitos importantes, uma celebridade , pois teve o cuidado se disfarçar com um chapéu. Muito legal.(rs).

Quanto a poesia ,na afirmação quanto ao fato de amar sem impor condições é o sonho de todos.

É possível?

Quem sabe, mas acho que esta conversa daria um livro.

Gostei muito do seu blog, agradeço a visita e serei seu seguidor.

Abração

Carmela Alves disse...

Lindo!

Beijinhos

Danny Doo® disse...

Lindas visitas!!!!! OBRIGADA!!!


=]