segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Sobre depressão e suicídio - Texto interessantíssimo!



LEIA A SEGUIR:

"Importante: Quando uma pessoa pensa em suicídio, na realidade, ela não quer matar a vida e sim sua dor. Filosoficamente falando, todo pensamento sobre a morte é uma manifestação da vida, pois representa o pensamento vivo pensando na morte e não a morte pensando em si mesma. Portanto, não existe idéia de suicídio pura como muitos psiquiatras pensam. Não existe consciência da inexistência.

Quem pensa em morrer tem, no fundo, fome e sede de viver. Está procurando desesperadamente destruir a angústia e não terminar com a sua vida. Muitos dos meus pacientes deprimidos que pensavam em suicídio deram um salto na sua qualidade de vida ao descobrir que, na realidade, não querem morrer, mas viver. Saíram da platéia, aprenderam a resgatar a liderança do "eu". Deixaram de ser vítimas da sua miséria emocional.

Se você tiver parentes ou amigos com depressão e que estão sem coragem para viver, ouça-os sem criticar. Não lhes dê conselhos superficiais. Empreste-lhes seu coração. Diga a eles que são fortes, que têm uma grande fome e sede de viver. Encoraje-os a se tratar sem culpa.

Jamais devemos desistir da vida. Devemos enfrentar com humildade e ousadia as nossas perdas e decepções. Devemos diariamente criticar, confrontar, administrar nossas emoções doentias. Grite silenciosamente dentro de você.

A emoção doente ama pessoas passivas, mas a emoção saudável ama pessoas que a lideram. Se você treinar administrar sua emoção, depois de alguns meses o resultado será fabuloso. Você viverá tranquilamente. Terá mais encanto pela existência. A sensibilidade e a serenidade serão incorporadas paulatinamente na sua personalidade. Por isso, exercite ser o ator principal do teatro da sua mente.

Extraído de: Augusto Cury - 12 Semanas para mudar sua vida.

3 comentários:

rogerio disse...

muito bom!

Danny Doo® disse...

=]

Desnuda disse...

Eu concordo, Danny! E por isso achei muito interessante, mesmo!


Carinhoso beijo, lindona!