sábado, 12 de março de 2011

Naqueles dias de aflição, estivemos à beira da extinção...

Começo o texto, dizendo que a vida é mais breve do que pensamos...

O dia é um presente, mas não nos cabe saber o final.

Algumas coisas podemos controlar, diria que bem menos do que supomos.

As vítimas do último terremoto no Japão que o digam.

A vida é em tempo real, vivida somente no hoje.

Nós é que insistimos em pensar que podemos garantir o futuro.

Nada nos cabe, a não ser o agora.

O agora que passou já não é nosso...

Perdemos tempo tentando racionalizar problemas, mas a metade deles não existe.

Apenas em nossa mente...

E nossa mente, mente para nós!

Um beijo! Saúdo à todos numa tarde vivida com muito suor cerebral.

Obrigada Senhor do Universo, por mais um dia!


Danny Doo - diretamente do templário imaginário da Doolãndia...


3 comentários:

Luana disse...

É verdade, perdemos muito tempo com bobagens.
Deus te abençoe.

Um beijo.

lita duarte disse...

TEMOS QUE TER UM NOVO OLHAR SOBRE A VIDA.

UM GRANDE BEIJO.

DADI SILVEIRA disse...

Paasando pra desejar um bom domingo.

Bjo